Caçadora, de Kiersten White | Do mundo de Buffy, a caça-vampiros | Plataforma21

CAÇADORA

Capa do livro Caçadora
  • Ficha Técnica
Título original: Slayer Autora: Kiersten White Tradutor: Eric Novello Edição: 1ª/2019

A Última Caça-Vampiros #1


Previsão de lançamento: Junho/2019


Nina e sua irmã gêmea, Artemis, estão longe de serem garotas comuns. Na verdade, é praticamente impossível ser quando se cresce numa escola de guardiões, que é um tanto diferente do tipo de escola que estamos habituados. Nela, os estudantes são treinados para guiar e proteger caçadoras – estas, Escolhidas capazes de enfrentar as forças da escuridão.

Mas, enquanto a mãe de Nina é membra do Conselho dos Guardiões, a jovem nunca incorporou o estilo violento que lhe é esperado… Em vez disso, segue seus instintos de cura e de cuidar, ganhando aos poucos seu espaço como a paramédica da escola. Até o dia em que a vida de Nina muda para sempre: a jovem torna-se uma Escolhida. E o pior: ela é a última Escolhida, para sempre. Ponto-final.

Tudo culpa de Buffy – a famosa caçadora que o pai da jovem morreu para proteger.

Assim, conforme Nina aperfeiçoa suas habilidades de caçadora com Leo, seu guardião em treinamento, há uma porção de eventos que a mantêm ocupada. Isso inclui demônios soltos por aí e uma criatura sombria que insiste em aparecer em seus sonhos… Mas é quando uma série de assassinatos começa a ocorrer que seus poderes são colocados à prova: ela sabe que alguém que ama poderá ser o próximo.

Para a jovem, não há dúvidas. Ser a Escolhida é fácil. Difícil mesmo é fazer as escolhas certas.

Uma verdadeira ode à clássica série Buffy, a Caça-Vampiros, escrita por uma de suas mais respeitáveis fãs – a autora best-seller Kiersten White. Os que se iniciam agora no buffyverso terão um novo e irresistível mundo a ser explorado; os fãs de longa data, um deleite que respeita todos os detalhes do legado e expande o universo
da lendária Buffy.


Sobre a autora:

Kiersten White vive com a família em San Diego, no sul da Califórnia (EUA). Autora premiada, best-seller do New York Times, acredita que os livros são apenas palavras mortas em uma página até que seu cérebro dê vida a elas. Por isso, seus leitores são um pouco como “doutores Frankenstein” – neste caso, os livros são os monstros. Apesar do perfeccionismo, a proximidade de seu lar ao Oceano Pacífico a impulsiona a sonhar com lugares distantes e tempos longínquos.