NOTAS SUICIDAS DE BELAS GAROTAS

Capa do livro Notas suicidas de belas garotas
  • Ficha Técnica
  • Downloads
Título original: Suicide Notes from Beautiful Girls ISBN: 9788592783167 Autora: Lynn Weingarten Quantidade de páginas: 328 Tradutor: Álvaro Hattnher Comprimento: 14 cm Altura: 21 cm Profundidade: 1.5 cm Peso: 0.35 kg Acabamento: Brochura Edição: 1ª/2017 Preço: Ebook: Sim

Notas suicidas de belas garotas


Previsão de lançamento: Junho


June sempre foi solitária. Até conhecer Delia Cole no sexto ano do colégio. Elas se tornaram inseparáveis, compartilhando a perda da inocência e o florescer da malícia na adolescência.

Para June, não havia ninguém como sua melhor amiga. Delia era a garota mais bela do mundo quando sorria, e incendiava aqueles que a rodeavam. Embora, às vezes, se tornasse fria e sombria. As duas acreditavam que nada poderia separá-las… até aquela estranha noite que as afastou por um ano – e depois para sempre.

Quando o vice-diretor da escola North Orchard anuncia que Delia está morta, uma onda de angústia toma conta de June. Dois dias antes, a amiga havia ligado para ela, mas June ignorou as chamadas.

Todos dizem que Delia ateara fogo no próprio corpo. Sua melhor amiga havia se matado. June não consegue aceitar. Delia não seria capaz disso. Ou seria? Então, quando bilhetes póstumos da amiga começam a chegar, June se convence de que ela fora assassinada. Alguém estava mentindo nessa história, e a lista de suspeitos é perturbadora.

O que June fará quando toda a verdade vier à tona?


Sobre o livro:

 

“O final é sombrio e surpreendente. Assombroso e chocante ao mesmo tempo.” – The Guardian


Destaques:

Best-seller do New York Times.

Eleito um dos melhores livros pela revista Vanity Fair.

Eleito um dos melhores livros pelo jornal The Guardian.

Notas suicidas de belas garotas é um thriller soturno onde suas certezas mudarão tão rápido quanto uma faísca. Tão misterioso que não te deixará dormir.

Duas melhores amigas. Um rompimento. Um suicídio. Uma investigação. Ninguém é o que parece. A verdade é perturbadora.